Primeira oficina para experimentações dos elementos da pesquisa corporal e cênica, envolvendo a mús

Dando sequência às ações de compartilhamento e criação, durante o final de Fevereiro e início de Março, tivemos a primeira oficina aberta ao público. Quatro encontros, no espaço GHUT, onde foram realizadas as primeiras experimentações coreográficas com músicas de Guilherme Vaz. Breve relato dos encontros.

DIA 18/02/2019

  • Apresentação, em linhas gerais, do projeto “A um passo da Aurora”.

  1. Conversa sobre a Eutonia no processo de preparação para o trabalho.

  2. A questão óssea e o esqueleto.

  3. A COLUNA VERTEBRAL com temática de abertura de experimentações.

  4. Exercício de sensibilização da pele. Posições nos quatro decúbitos. Adicionar posição sentada, e depois, em pé. Formatar uma sequencia de movimentos e repetir para apresentar uns para os outros.

  5. Adição da música de Guilherme Vaz- O homem Correndo na Savana.

  6. Observações- impressões de percurso

Pequeno intervalo

COLUNA VERTEBRAL- mobilidade e sustentação nos diferentes planos.

7. Trabalho 2 a 2.

8. Coluna com coluna, caminhando. Como nos sentamos?

9. Experimentação livre com as impressões deixadas na coluna vertebral.

10. Música do Guilherme e busca de livre de interação com os sons.

Uma palavra de cada um:

Dia 25/02/2019

  • Reapresentação rápida para incorporação de novos alunos

  • Pele com movimentos de espreguiçar ( ESTIRAMENTOS CONSCIENTES) até formar uma sequência que pode ser repetida e passada adiante. Ensinar um para o outro.

  • Mostrar em dois grupos

  • Utilizar música de Guilherme para fazer a sequência em dois grupos de 3.

  • Para finalizar, ESCRITA AUTOMÁTICA DE IMPRESSÕES.

  • Os 45 movimentos- um pouco de história da criação e experimentação

  • Conversa final – troca de impressões.

Dia 11/03/2019

  • Conversa sobre o projeto – o significado de Xapiri

  • Leitura de trechos de carta de Regina Vaz sobre o sentido do trabalho sobre o Guilherme.

  • Inclusão de pessoas do grupo de Estudos: Ana Mesquita, Igor Moura e Ju Celentano.

  • Trabalho sobre a pele.

  • 1. Conversa sobre o tema – PÉS e relação com as MÃOS – sistema de “alavancagem criativa”.

  • Experimentações da relação entre os pés e as mãos.

  • Constituição de sequência de movimentos (três momentos)Com a música de Guilherme Vaz.

  • Os 45 movimentos até 10 (dez)

  • Conversa final – troca de impressões

Dia 18/03/2019

  • Reapresentação rápida para incorporação de novos alunos- Turma do grupo de estudos.

  • Vicky Bella faz introdução aos trabalhos com vivência sobre o sentido da escuta, a partir de trabalho com o BMM.

Texto do Guilherme Vaz

  • Trabalho sobre a escuta da pele com trilha de Yan Tiersenn- ALL

  • Exercícios no chão – associação pés e mãos, rolamentos a partir do centro do corpo e das extremidades até a posição sentada e de pé. Trabalhando os trânsitos entres os planos.

  • Finalização com os 45 movimentos.


Posts Em Destaque
Posts Recentes