Diário de ensaios e desenvolvimento do “Processo de Estudo para Fados e Afins”

➤ Dia 24/10/2016 (Segunda-feira)

Ensaiei de manhã, no espaço Ghut e achei que poderia experimentar uma roupa leve por cima do atual figurino, para dar leveza aos movimentos do labirinto.

Espaço da Balagan, preparado para o mergulho no labirinto, depois de recordar o desenho coreográfico de “Ó Sino da Minha Aldeia”. Experimentei utilizar um casaco para amplificar os movimentos.

Anotações e desenhos de ideias para cenário. Nosso chão.

Desenho do começo de minhas investigações para o labirinto; ideia que surgiu depois de conversar com Maria Thais sobre a espiral, como um tema espacial, para esse momento.

Em nossas conversas sobre o processo de construção do labirinto, a imagem da tartaruga, que me apareceu no ensaio de manhã, foi decisiva para o desenho do final da cena.

Mara Thais contou-me como o fotógrafo, Sebastião Salgado, ficou muito tempo esperando que uma tartaruga mostrasse sua “cara” para fazer a foto. Quanto ele aprendeu com esse acontecimento, pois a tartaruga só apareceu para ele, quando se abaixou e se colocou no mesmo nível que ela. Nesse momento, ela parou e praticamente “posou” com um lindo sorriso.

Detalhe da perna de Maria Thais, com o ipod ao fundo e caderno de anotações de ensaio.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Siga
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Vimeo - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Vimeo - White Circle
  • Twitter - White Circle