Diário de ensaios e desenvolvimento do “Processo de Estudo para Fados e Afins”

Nesta nova publicação relato dois dias, o primeiro com ensaio na Cia. Balagan e o segundo com a primeira aula de corpo com o grupo de estudos sobre a preparação para cena, em Fados.

➤ Dia 13/10/2016 (Quinta-feira)

Ensaio com Maria Thais, na Cia Balagan, com a presença de Cláudio e Murilo. Fiz um corrido com o material levantado.

Conversando com Murilo, sobre dramaturgia, depois da apresentação das cenas, para elaboração do roteiro.

➤ Dia 14/10/2016 (Sexta-feira)

Primeiro encontro teórico-prático de trabalho sobre a preparação do corpo para cena, em Fados.

Na foto, os integrantes do grupo: Ferando Pernambuco, Gionana, Josie Berezin,Bárbara Dasb,Luciano e outros.

imagens de Cláudio Gimenez

Roteiro da aula:

Conversa sobre o que é Eutonia: significado da palavra, origens do termo; história da criadora Gerda Alexander.

Tentativas de relacionar a Eutonia e artes marciais chinesas.

O Tai Ji e o aspecto anatômico dos pés, que serão o foco de nosso trabalho.

O pisar;

Objeto auxiliar; bambu;

Questões sobre os pés de cada um dos integrantes da conversa.

Ponto dos rins: fonte borbulhante; respiração dos sábios;

Corpos no corpo- corpo de chi; de fluidos; de ossos; corpo de cada tecido.

(40 minutos)

Parte Prática:

1. Caminhar, observando a pisada, o espaço, a respiração;

2. Parar no lugar escolhido, aquecer as mãos e tocar todo o corpo ate sentar-se.

3. Tocar os pés e as pernas, até ficarem deitados;

4. Observação dos pontos de apoio;

5. Espreguiçamentos

6. Aquecer as mãos novamente e tocar o lado esquerdo do corpo da cabeça aos pés;

Comparar com o lado não tocado;

7. Tocar todo corpo do outro lado, começando pelo tronco;

Comparar- observar;

8. Trabalhar com percussões com o bambu por todo o corpo, isolando os dois lados e observando caminhos diferentes para cada lado;

Apoiar os pés no chão e toca-los com as mãos – entrelaçar os dedos das mãos nos pés; Segurar as pernas e fazer rotações com os pés; Empurrar para cima e flexionar;

Segurar as duas tíbias e rolar para um lado e outro; preparar a sequência de subida para a vertical, enfatizando movimento espiralado;

De pé, utilizar os bambus para pisar sobre eles;

Caminhar pela sala para verificar diferenças no caminhar para frente e para trás;

(90 minutos)

Intervalo (quinze minutos)

Retorno ao trabalho com a sequência das 9 Dobras do Tai Ji Quan.

Passos do Tai Ji

Tai Ji, a dois – espaço para improvisações dirigidas; utilizar música; fados, talvez.

Fechamento

Cinco minutos para troca de impressões


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Siga
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Vimeo - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Vimeo - White Circle
  • Twitter - White Circle